Categories: Saude

Unha encravada? Saiba como prevenir a infeção e aliviar a dor

Não é divertido tirar os sapatos depois de um longo dia e não obter alívio porque o dedo do pé – muitas vezes o dedão do pé – continua doendo. Você se senta para olhar mais de perto. A pele ao redor do leito ungueal está vermelha, irritada e inchada. É doloroso e sensível ao toque. Você tem uma unha encravada e, se for como a maioria das pessoas, os próximos 3-4 dias serão preenchidos com um arsenal de corta-unhas, antibióticos e band-aids.

Um médico relata que, atende alguns pacientes reclamando de unhas encravadas por mês. Para alguns, o problema doloroso se repete com frequência. Ele geralmente conserta a unha usando ferramentas especiais para cortar a parte encravada.

“A boa notícia é que raramente levam a infecções ou complicações graves”, diz ele.

Aqui estão algumas dicas para acelerar a recuperação, prevenir infecções e descobrir quando é a hora de ir ao médico.

O que é uma unha encravada?

Uma unha encravada (onicocriptus) ocorre quando a borda da unha corta o tecido circundante, resultando em inflamação. Também pode acontecer quando a pele cresce sobre o leito das unhas. Quando a unha do pé se rompe na carne, podem se formar bactérias e, ocasionalmente, causar infecções fúngicas graves. A inflamação resultante não é apenas dolorosa, mas pode causar problemas de saúde se não for tratada.

Causas e culpados

Sapatos mal ajustados, trauma no leito das unhas, aparagem inadequada e má higiene dos pés podem causar unhas encravadas. Embora unhas encravadas possam afligir pessoas de todas as idades, algumas pessoas são mais vulneráveis ​​a pegá-las do que outras. Pessoas com diabetes ou danos nos nervos causados ​​por doenças circulatórias devem ficar particularmente vigilantes, pois a falta de fluxo sanguíneo pode retardar a cura. A tendência de desenvolver unhas encravadas também pode ser genética.

O que fazer e não fazer na unha encravada

NÃO PODE FAZER

Experimente a “cirurgia de banheiro” : tratar a pele irritada em casa com objetos pontiagudos, bolas de algodão ou levantar o leito ungueal com fio dental pode levar você ao consultório médico. Se você não tiver corrimento, pus ou sinais semelhantes de infecção, experimente mergulhar o pé em água morna com sal por 20 minutos. Adicionar uma massagem suave nos pés pode melhorar a circulação e reduzir a inflamação. Seque o pé e aplique um creme antibacteriano sem receita. Manter a área afetada limpa é uma obrigação para evitar infecções.

PODE FAZER

Invista em cortadores de unha afiados: A diferença entre os cortadores de unha e os cortadores de unhas pode parecer insignificante, mas as lâminas do cortador de unhas são mais largas e projetadas para cortar diretamente em sua unha, diminuindo a probabilidade de penetrar na pele adjacente. Manter o cortador de unhas afiado e limpo à mão é o primeiro passo para prevenir unhas encravadas.

NÃO PODE FAZER

Corte as unhas dos pés muito curtas: evite afunilar as bordas das unhas. Cortar as unhas dos pés muito curtas aumenta o risco de a unha crescer na pele exposta. Um podólogo pode ajudar a cortar as unhas dos pés que se tornaram difíceis de aparar, o que geralmente acontece à medida que envelhecemos e as unhas ficam mais grossas e mais propensas a ondular.

 

PODE FAZER

Use o grau de dor para descobrir se você tem uma infecção: Se seu dedo do pé ficar muito inchado e dolorido e você sentir pus ou secreção, procure atendimento médico imediatamente. Você pode ter uma infecção grave (paroníquia) que precisa ser tratada com antibióticos orais. Uma avulsão parcial da unha – um procedimento para remover parte da unha agressora – pode ser necessária para pacientes crônicos.

PODE FAZER

Use calçados confortáveis ​​e mantenha os pés secos: usar sapatos que prendam os dedos dos pés é uma grande desvantagem, pois as unhas comprimidas têm maior probabilidade de perfurar a pele ao redor. Adolescentes, atletas e pessoas propensas a transpiração excessiva devem tomar precauções para não criar inadvertidamente um ambiente para infecções bacterianas e fúngicas. É menos provável que você tenha uma unha encravada se mantiver a pele ao redor delas seca. Os pés suportam o peso de todo o corpo, por isso certifique-se de que estão bem colocados nos sapatos e que os mantêm secos e bem tratados.

Anderson Kochanski

São novas oportunidades, novas formas de aprendizado e pessoas para te ajudar nessa caminhada. E assim aprendemos cada dia mais.

Recent Posts

VEIAS SALTADAS – Entenda o que elas significam

Quando se vemos veias saltadas nos pés, mãos, braços e pernas é uma ocorrência normal. Trata-se de uma característica física,…

2 meses ago

12 sinais de que o seu intestino está sobrecarregado de toxinas; saiba como limpá-lo

O que é sobrecarga de toxina? Nossos corpos são feitos de órgãos importantes que nos ajudam a filtrar e eliminar…

2 meses ago

Pudim de Abacaxi ❤ Showw

Vamos aprender a fazer um delicioso Pudim de Abacaxi que eu particularmente adoro vamos ao ingrediente abaixo: Ingredientes 2 pacotes…

2 meses ago

Você sabia que dormir com ventilador ligado pode trazer

Porque os especialistas nem sempre recomendam dormir com um ventilador ligado Ainda não atingiu os níveis de ' onda de…

2 meses ago

Como reconhecer os sinais de um ataque cardíaco e o que fazer

É importante reconhecer os sinais de ataque cardíaco, que podem variar de pessoa para pessoa. Às vezes, uma pessoa pode ter…

2 meses ago

Como eliminar o tártaro sem uma visita ao dentista de forma caseira

Ninguém quer dentes marrons ou amarelos, que é causado pelo acúmulo de tártaro. Mas como exatamente você se livra dessa…

3 meses ago

This website uses cookies.

Leia mais