Evangelho do dia 02 de Agosto de 2020

Primeira leitura

Primeira Leitura: Isaías 55: 1-3

Assim diz o Senhor:
Todos os que têm sede,
venham para a água!
Você que não tem dinheiro,
venha, receba grãos e coma;
Venha, sem pagar e sem custo,
beba vinho e leite!
Por que gastar seu dinheiro com o que não é pão;
seu salário pelo que não satisfaz?
Ouça-me, e você comerá bem,
se deleitará com comida rica.
Vinde a mim atentamente,
ouça, para que você tenha vida.
Renovarei convosco a aliança eterna,
os benefícios garantidos a Davi.

Salmo Responsorial

Salmo Responsorial: Salmo 145: 8-9, 15-16, 17-18

R. / A mão do Senhor nos alimenta; ele responde a todas as nossas necessidades.

O Senhor é gracioso e misericordioso,
lento para irar-se e de grande bondade.
O Senhor é bom para todos
e compassivo com todas as suas obras.
R. / A mão do Senhor nos alimenta; ele responde a todas as nossas necessidades.

Os olhos de todos olham esperançosamente para você,
e você lhes dá a comida no devido tempo;
você abre a mão
e satisfaz o desejo de todo ser vivo.
R. / A mão do Senhor nos alimenta; ele responde a todas as nossas necessidades.

O Senhor é justo em todos os seus caminhos
e santo em todas as suas obras.
O Senhor está perto de todos os que o invocam,
de todos os que o invocam na verdade.
R. / A mão do Senhor nos alimenta; ele responde a todas as nossas necessidades.

Segunda Leitura

Segunda Leitura:   Romanos 8: 28-30

Irmãos e irmãs:
O que nos separará do amor de Cristo?
Angústia, angústia, perseguição, fome,
nudez, perigo ou espada?
Não, em todas essas coisas conquistamos esmagadoramente
por quem nos amou.
Estou convencido de que nem a morte, nem a vida,
nem os anjos, nem os principados,
nem as coisas presentes, nem as coisas futuras,
nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade,
nem qualquer outra criatura será capaz de nos separar
do amor de Deus. Cristo Jesus, nosso Senhor.

Evangelho Santo

Leitura do Evangelho: Mateus 14: 13-21

Quando Jesus ouviu falar da morte de João Batista,
ele se retirou de barco para um lugar deserto.
As multidões ouviram falar disso e o seguiram a pé de suas cidades.
Quando ele desembarcou e viu a vasta multidão,
seu coração ficou com pena deles, e ele curou os doentes.
Ao cair da tarde, os discípulos se aproximaram e disseram:
“Este é um lugar deserto e já é tarde;
dispense a multidão para que eles possam ir às aldeias
e comprar comida para si”.
Jesus disse-lhes: “Não há necessidade de eles irem embora;
dê-lhes alguma comida”.
Mas eles lhe disseram:
“Cinco pães e dois peixes são tudo o que temos aqui”.
Então ele disse: “Traga-os aqui para mim”
e ordenou que a multidão se sentasse na grama.
Tomando os cinco pães e os dois peixes e olhando para o céu,
ele disse a bênção, quebrou os pães
e os entregou aos discípulos,
que por sua vez os entregaram às multidões.
Todos comeram e ficaram satisfeitos,
e recolheram os fragmentos que sobraram –
doze cestas de vime cheias.
Os que comeram eram cerca de cinco mil homens,
sem contar mulheres e crianças.

Filmes online grátis

X
Rolar para o topo