VEIAS SALTADAS – Entenda o que elas significam

Quando se vemos veias saltadas nos pés, mãos, braços e pernas é uma ocorrência normal. Trata-se de uma característica física, muitas vezes relacionada com a proximidade das veias com a pele, ou seja, quando as veias são mais superficiais se tornam mais saltadas.

As veias podem ainda ficar ainda mais evidentes se houver menos gordura subcutânea ou aumento de massa muscular; um fato bem comum nas pessoas magras ou aquelas que praticam exercício para aumentar a musculatura. Podem também tornar-se mais visíveis em dias quentes por conta da vasodilatação dos vasos sanguíneos. Entre os atletas também é muito comum.

Se adicionarmos a essa condição o volume aumentado de sangue para drenar músculos vigorosos, começamos a entender porque os atletas têm veias tão evidentes. Quanto menor o percentual de gordura corporal e maiores os aumentos de músculos, mais as veias saltadas irão surgir.

Podemos ver veias saltadas na testa, nas mãos, nos pés e em qualquer região do corpo, porém não é definitivamente um indício de alguma doença. Inclusive, pode-se visualizar veias bem nítidas em pessoas de pele clara ou em pessoas com a pele bem fina, mas serão somente veias aparentes.

No entanto, se as veias saltadas vierem acompanhadas de algum sintoma, precisa ser investigado. Se sentirmos dor nas pernas depois de um dia de trabalho, pode ser um indício de varizes, além de problemas musculares.

As varizes também são veias dilatadas, que aparecem principalmente nas pernas e nos pés, mas, diferentemente das veias saltadas saudáveis, elas são tortuosas, serpentinosas e onduladas. Além disso, elas podem causar dor, coceira ou escurecimento da pele. Se não forem tratadas podem, até mesmo, aumentar de tamanho.

Com o passar dos anos, há um aumento de pressão nas veias das pernas, o que dificulta o retorno do sangue dos pés para o coração. Com o passar do tempo, os mecanismos que permitem o retorno adequado do sangue podem falhar. Isso provoca uma dilatação das veias comprometidas, tornando-as saltadas e tortuosas.

Os principais fatores de risco no aparecimento das varizes são: Hereditariedade, Gravidez, Obesidade, Sedentarismo e a permanência por muitas horas em pé ou sentado no trabalho.

Se não forem devidamente tratadas, as varizes podem trazer complicações, como inchaço, trombose profunda das veias, atrofia ou distrofia da pele da perna, eripsela, dermatites ou úlceras varicosas.

A melhor forma de prevenir ou aliviar sintomas de varizes é evitar posicionar-se com as pernas pendentes quando sentar, ou permanecer em pé por muito tempo. Deve-se praticar exercícios de nível aeróbico leve como caminhadas, ciclismo, porque ajudam na tonificação muscular e melhoram a circulação sanguínea. Manter o peso corporal em equilíbrio também é muito importante. Por fim, o uso de meias elásticas de compressão é bastante útil.

Rolar para o topo