cirurgia-plastica-de-perda-de-peso

Quais os diferentes tipos de cirurgia de perda de peso?

As cirurgias de perda de peso – também conhecidas como bariátricas – ajudam você a diminuir os riscos de problemas de saúde relacionados com obesidade, além de, claro, perder peso. Esses procedimentos cirúrgicos funcionam de duas maneiras:

Restritivas

São os tipos de cirurgias que limitam o volume de alimento sólido que o paciente conseguem ingerir durante as refeições – limitando assim a quantidade de calorias.

Mal absortivas

Cirurgias usadas para diminuir ou evitar parte do intestino delgado para reduzir a quantidade de calorias, ou nutrientes absorvidos pelo corpo.

Os três tipos de cirurgias mais comuns no Brasil são:

  • Bypass gástrico em Y-de Roux
  • Banda Gástrica ajustável
  • Gastrectomia tubular

O quê é o Bypass gástrico em Y-de Roux?

Essa cirurgia reduz o estômago a um volume aproximado de 30-40 ml, por ambiente da utilização de instrumentos chamados grampeadores cirúrgicos. Em seguida, o estômago reduzido é conectado exatamente ao intestino delgado.

Pode ser realizada por video-laparoscopia (pequenos cortes, com auxílio de vídeo) ou por laparotomia (corte grande). jamais é retirado nenhum pedaço de intestino nessa cirurgia.

O quê é a cirurgia de Banda Gástrica Ajustável?

Nessa cirurgia, uma pequena cinta que é colocada ao redor da porção superior do estômago. Esta cinta é dotada de um balão que fica em contato com o estômago. A medida que é insuflada, a cinta reduz a capacidade de armazenamento do estômago. Assim diminui a velocidade de enchimento da porção do estômago que fica abaixo.

Aprenda a fazer pão integral em casa

Com a restrição da capacidade estomacal, o paciente acaba mastigando bem o alimento e comendo mais lentamente. Isso gera uma sensação de saciedade mesmo consumindo menos quantidade de comida. O volume diário ingerido pode ser em torno de 30% menor de antes da operação.

O quê é a Gastrectomia tubular?

A gastrectomia tubular é uma das técnicas mais recentes para tratar a obesidade. Nessa cirurgia, corta-se 80% do estômago para reduzir drasticamente o volume de comida ingerido. Como resultado, o paciente perde peso por rapidamente. Leia .

Saúde é o que interessa: comer fritura light é possível?

No entanto, esse procedimento exige característica especificas. O paciente precisar ter o IMC (índice de massa corporal) superior a 35, com outras doenças associadas, ou a 40.

O quê é Derivação Bilio-pancreática – Scopinaro – Duodenal?

Na Derivação Bileopancreática cria-se uma associação entre a Gastrectomia Vertical, com 85% do estômago retirado e o desvio intestinal. Assim o alimento segue um percurso diferente dos sucos digestivos, inibindo a absorção de calorias e nutrientes. Esse procedimento mantém o estômago maior e encurta mais o intestino, ao contrário do Bypass.

Benefícios do molho de tomate

Como resultado, o paciente consegue maior ingestão de alimentos, reduz a intolerância alimentar e tem maior perda de peso. Porém, podem ocorrer problemas como desnutrição, diarreia, flatulência e deficiência de vitaminas. Hoje a Derivação Bileopancreática corresponde a 5% dos procedimentos.

Filmes online grátis

X
Rolar para o topo