Panqueca proteica e sopa desintoxicante

Panqueca proteica e sopa desintoxicante

Tudo bem? Hoje resolvi postar duas receitinhas de panqueca proteica e sopa desintoxicante que uso muito na minha alimentação, porém em situações diferentes.

A primeira é a panqueca proteica que normalmente como no café da manhã em dias que tenho mais tempo. Ela é uma excelente opção de pré-treino e mata a vontade de doce que tenho.

panqueca

Ingredientes:
3 claras
1 gema
1 colher (sopa) de amido de milho
adoçante à gosto

Na batedeira, bato as claras e a gema até a mistura ficar levemente engrossada. Misturo o amido de milho e o adoçante e volto a bater.
Coloco a mistura em uma frigideira anti-aderente e deixo cerca de 3 minutos de cada lado, para dourar. Retiro e escolho a cobertura. Algumas opções são: banana com canela, morangos picados, geleia sem açúcar ou a cocada sem açucar da Delakasa (preferida).

A segunda receita é a sopa desintoxicante que a Aline Casarin e a Jaque Gattermann me ensinaram. Uso ela sempre que enfio o pé na jaca. Pode ser consumida no almoço ou jantar, mas nunca antes ou depois de treinar, pois é pobre em proteína.

sopa desintoxicante

 

Ingredientes:
1 colher (sopa) de azeite de oliva extra-virgem
3 dentes de alho
1/2 cebola
1 batata doce média
1/2 nabo
1 abobrinha
5 folhas de couve
1 caldo de legumes
Em uma panela, refogo a cebola e o alho no azeite de oliva. Em seguida acrescento a batata doce e o nabo (picados, ok?), e mexo bem por cerca de 5 minutos. Acrescento o caldo de legumes diluído em 600ml de água quente e deixo apurar por 10 minutos. Em seguida, acrescento a abobrinha picada e deixo ferver por 5 minutos. Por fim coloco a couve, tampo a panela e deixo ferver por mais 5 minutos. Depois é só servir ou bater tudo no liquidificador e transformar em um caldo (meu namorado só come assim).
Gosto de fazer duas receitas e guardar na geladeira para o dia seguinte. Congelar não é a melhor opção, pois os nutrientes se perdem.
Vou falar um pouco sobre o porquê de cada ingrediente que vai nesse detox, ok?
Azeite de oliva. Melhora o funcionamento do estômago e do pâncreas; digere-se com maior facilidade do que qualquer outra gordura comestível; acelera o metabolismo.
Alho: diminuí o colesterol, triglicerídeos do sangue, tem efeito hipoglicemiante, prevenindo também o diabetes; antioxidante;
Cebola: reduz o açúcar do sangue; ação anti-inflamatória;
Batata doce: baixo índice glicêmico; fonte de fibras; possui vitamina A, que age como antioxidante;
Nabo: auxilia no processo de digestão; é diurético, expectorante, purificador do sangue e possui leve efeito laxativo;
Abobrinha: excelente fonte de fibras; possui grande quantidade de água em sua composição; é um alimento de fácil digestão; ajuda a regular o funcionamento do intestino;
Couve: ajuda a combater problemas do fígado e estômago; possui ação laxativa;
Quem experimentar as receitas comenta aí se aprovou, ok?
Beijos e boa semana de foco e treino!

Filmes online grátis

X
Rolar para o topo