padre-oferece-moradia-a-moradores-de-rua

Padre oferece espaço para abrigar moradores de rua com coronavírus em SP

Tem muitas pessoas que estão em posição, desumanas os moradores de rua são mais facil a epidemia do recente coronavírus, porquanto elas nunca têm ingresso a medidas básicas de auxílio, conforme lavar as mãos e adoptar álcool gel. Se são mais suscetíveis, podem alastrar a enfermidade mais depressa, né?

Sabendo disso, o Padre Julio Lancelotti ofereceu uma área para acolher moradores de rua de São Paulo infectados pela Covid-19. A morada de Oração do Povo de Rua pode recepcionar até 50 pessoas.

“Na rua nunca tem medidas de ingresso de limpeza como o fundamental: lavar as mãos, usar álcool gel, efetuar medidas de limpeza conforme roupas limpas, locais limpos para dormir“, explica o pároco.

Duas pessoas da Secretaria da Saúde estiveram lá, viram a área, viram com alguma eventualidade de adaptação e contam juntamente essa contingência caso seja necessário.”

 

Local tem capacidade para abrigar até 50 pessoas. Foto: Patrícia Figueiredo/G1
Local tem capacidade para abrigar até 50 pessoas. Foto: Patrícia Figueiredo/G1

A moradia de reza foi construída juntamente com verba de um prêmio que Dom Paulo Evaristo Arns recebeu do Japão, pela fundação Niwano, no préstimo de US$ 190 mil, em 1994.

[Apoie a campanha de um projeto que leva café da manhã para a população de rua de SP. Clique aqui e faça sua doação.]

 

Filmes online grátis

X
Rolar para o topo