Evangelho-e-palavra-do-dia-22-julho-2020

Evangelho e palavra do dia 22 julho 2020

Reflexão do Evangelho de hoje. Quarta-feira, 22 de julho de 2020. Santa Maria Madalena Cântico dos Cânticos 3: 1-4 / 2 Coríntios 5: 14-17. Minha alma está sedenta por você, ó Senhor, meu Deus.

Primeira Leitura: Jeremias 1: 1, 4-10

1 As palavras de Jeremias, filho de Helcias, dos sacerdotes que estavam em Anatote, na terra de Benjamim.

4 E a palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

5 Antes de te formar nas entranhas de tua mãe, eu te conheci; e antes de sair do ventre, eu te santifiquei e te fiz profeta para as nações.

6 E eu disse: Ah, ah, ah, Senhor Deus; eis que não posso falar, porque sou criança.

7 E o Senhor me disse: Não digas: eu sou criança; porque tu fores a tudo o que eu te mandar; e tudo o que eu te mandar, falarás.

8 Não temas diante da presença deles; porque estou contigo para te livrar, diz o Senhor.

9 E o Senhor estendeu a mão e tocou a minha boca; e o Senhor me disse: Eis que eu tenho dado as minhas palavras na tua boca.

10 Eis que hoje te pus sobre as nações e sobre os reinos, para enraizar e derrubar, e desperdiçar, e destruir, e construir, e plantar.

Mensagem de Bom Dia / SOMENTE DEUS (Linda Reflexão)

Salmo Responsorial: Salmos 71: 1-2, 3-4a, 5-6ab, 15 e 17

1 Um salmo para Davi. Dos filhos de Jonadabe e dos ex-cativos. Em ti, ó Senhor, espero, nunca me confunda;

2 Livra-me na tua justiça, e salva-me. Inclina os teus ouvidos para mim e salva-me.

3 Sê para mim um Deus, um protetor e um lugar de força, para que me fortaleças. Pois tu és o meu firmamento e o meu refúgio.

4 Livra-me, ó meu Deus, da mão do pecador e da mão do transgressor da lei e dos injustos.

5 Pois tu és a minha paciência, ó Senhor; minha esperança, ó Senhor, desde a minha mocidade;

6 Por ti fui confirmado desde o ventre; desde o ventre de minha mãe tu és o meu protetor. De ti cantarei continuamente:

15 A minha boca manifestará a tua justiça; tua salvação o dia inteiro. Porque eu não sabia aprender,

7 Tu me ensinaste, ó Deus, desde a minha juventude; e até agora declararei as tuas maravilhas.

Evangelho: João 20: 1-2, 11-18

1 E no primeiro dia da semana, Maria Madalena chega cedo, quando ainda estava escuro, ao sepulcro; e ela viu a pedra tirada do sepulcro.

2 Correu, pois, e veio a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava, e disse-lhes: Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram.

11 Maria, porém, estava parada no sepulcro, sem chorar. Agora, enquanto chorava, ela se abaixou e olhou para o sepulcro.

12 E ela viu dois anjos de branco, sentados, um na cabeça e outro aos pés, onde estava o corpo de Jesus.

13 Eles lhe dizem: Mulher, por que choras? Disse-lhes: Porque tiraram o meu Senhor; e não sei onde o colocaram.

14 Quando ela disse isso, voltou-se e viu Jesus em pé; e ela não sabia que era Jesus.

15 Disse-lhe Jesus: Mulher, por que choras? quem tu procuras? Ela, pensando que era o jardineiro, disse-lhe: Senhor, se você o levou daqui, diga-me onde o colocou, e eu o levarei.

16 Disse-lhe Jesus: Maria. Ela se virou, disse-lhe: Rabboni (ou seja, Mestre).

17 Disse-lhe Jesus: Não me toque, porque ainda não subi a meu Pai. Mas vá a meus irmãos e diga a eles: Eu ascendo a meu Pai e a seu Pai, a meu Deus e a seu Deus.

18 Maria Madalena vem e diz aos discípulos: Eu vi o Senhor, e estas coisas ele me disse.

Evangelho do dia 21 de julho de 2020

Filmes online grátis

X
Rolar para o topo