8 erros que você comete todos os dias que danificam seus rins e impedem o emagrecimento

Alguma vez você se perguntou porque os rins são tão importantes? Os rins são responsáveis por filtrar o sangue e expelir todas as toxinas presentes no corpo, quando um deles não esta bem, observamos inchaço, espinhas, urina alterada, podendo inclusive conter sangue.

As três principais funções dos rins são:

eliminar as toxinas ou dejetos resultantes do metabolismo corporal: ureia, creatinina, ácido úrico, etc;
manter um constante equilíbrio hídrico do organismo, eliminando o excesso de água, sais e eletrólitos, evitando, assim, o aparecimento de edemas (inchaços) e aumento da pressão arterial;
atuar como órgãos produtores de hormônios: eritropoetina, que participa na formação de glóbulos vermelhos; a vitamina D, que ajuda a absorver o cálcio para fortalecer os ossos; e a renina, que intervém na regulação de pressão arterial.
Infelizmente por falta de informação as pessoas não se preocupam com os rins, mas eles merecem total atenção, pois desempenham um papel importante no nosso organismo, uma vez que, quando eles não trabalham como deveriam, podemos desenvolver algumas patologias renais e prejudicar outros órgãos do corpo.

Meninas, em 3 semanas baixei de 82,5 para 69 kgHomens duram mais de 2 horas na cama usando isso diariamente

A esposa dele o deu isso para melhorar a vida sexual

A dona de casa do Brasil ganha mais do que um banqueiro!
Abaixo listamos 8 erros comuns que são cometidos com frequência por várias pessoas, esses erros podem prejudicar o desempenho renal e geral problemas futuros em várias áreas do corpo, inclusive impedindo a perda de peso. Rins que não trabalham corretamente, dificilmente vão eliminar as toxinas e os resíduos e isso é um grande problema.

8 erros que comprometem o desempenho das funções renais

Escarço consumo de água

água
Escarço consumo de água

Nosso organismo precisa de no mínimo 2 litros de água ao dia, o não consumo da água, pode comprometer o desempenho das nossas funções renais. Os rins têm o propósito de drenar o desperdício metabólico de nosso organismo e equilibrar os glóbulos vermelhos. A circulação sanguínea renal diminui extremamente se não estivermos bebendo água suficiente. Como resultado, as toxinas e resíduos presentes em nossos corpos começam a se acumular, isso gera um contexto favorável para doenças, inclusive diabetes e obesidade.

Urinar com frequência

Pessoas que não vão ao banheiro com frequência para esvaziar a bexiga ou que mesmo sentindo necessidade de urinar, seguram essa vontade e não vão ao banheiro, são pessoas que estão expondo a vida a um grande perigo, sem contar a doenças renais.

Quando seguramos a vontade de ir ao banheiro, estamos estimulando a hipertrofia do músculo detrusor, o que é totalmente prejudicial à saúde. Assim como, quando a bexiga esta cheia, ela pressione os rins, causando desconforto e podendo no futuro desenvolver uma insuficiência renal. Portanto, urinar varias vezes ao dia, é importante tanto para a saúde do corpo, dos rins, como para eliminar as toxinas, visto que eliminamos boa parte dos resíduos e toxinas pela urina.

Consumo exagerado de sódio

O sódio é encontrado em grande quantidade no sal. Boa parte dos alimentos industrializados também levam uma grande quantidade de sódio, ou seja, consumimos sal e sódio todos os dias e muitas vezes em quantidades exorbitantes, o ideal é reduzir de forma importante esse consumo, porque os rins sofrem e devem trabalhar muito além das suas capacidades para processar todo o sódio consumido, isso provoca um estresse renal, podendo acarretar complicações e comprometer o desempenho dos mesmos. De acordo com as estatísticas, 90% dos cidadãos dos EUA comem sal mais que o suficiente e no Brasil não é diferente!

Alto consumo de cafeína

cafeína
Alto consumo de cafeína

Um dos fatos mais comuns é que quando temos sede recorremos aos refrigerantes, principalmente a Coca-Cola, mas é um erro gravíssimo, porque essa bebida é rico em cafeína, essa por sua vez aumenta a pressão sanguínea, e coloca os rins em sofrimento, isto porque os mesmo devem fazer esforço dobrado para realizar seu trabalho de filtrar o sangue. Evite esse tipo de bebida, controle a quantidade de café consumida ao dia, e de preferência para chás e água.

Alto consumo de analgésicos

Talvez pensamos, não é errado assumir analgésicos quando sentimos dor, mas a verdade é que deveríamos evitar completamente. As substâncias químicas dos remédios, que permanecem em nosso corpo como resíduos, provocam inúmeros efeitos negativos, tanto a saúde e geral como a saúde dos rins, que para processar e limpar esses resíduos devem trabalhar forçadamente.

Alto consumo de proteínas

Comer grandes quantidades de alimentos ricos em proteína pode afetar seus rins de forma incorreta. Na maior parte, todos sabem que as proteínas são saudáveis, no entanto, se seus rins são delicados, você deve ter cuidado. A ingestão excessiva de proteínas aumenta as cargas metabólicas.

 

Faça atenção a gripes e resfriados

Jamais ignore quando estiver gripado ou resfriado, pelo contrário evite remédios de farmácia e aumente o consumo de líquidos, água, chás de ervas, sucos de frutas ricas em vitamina C. O quadro gripal baixa a imunidade e o primeiro órgão a sentir o peso, são os rins, por isso precisamos ter atenção, aumentar o consumo de água principalmente e se possível, tratar de forma natural, ou seja evitar o consumo de remédios para dor, ou anti gripais esse medicamento, consome toda a água do corpo, favorecendo a desidratação.

Alto consumo de bebida alcoólicas

bebida alcoólicas
Alto consumo de bebida alcoólicas

Consumir bebidas desse gênero podem ser um fato super negativo para os rins, elas são ricas em toxinas e químicas, geram um acumulo de resíduos importante e colocam os rins em sofrimento, portanto evita-las pode ser a garantia de maior qualidade de vida e saúde para os rins.

Prevenção Geral

Diminua o consumo de sal nos alimentos. O máximo permitido é de cinco a seis gramas por dia.
Beba bastante água, mantenha uma alimentação saudável e pratique exercícios físicos com regularidade.

  • Não fume e mantenha um peso adequado.
  • Meça a sua pressão arterial com frequência.
  • Cuidado na hora de utilizar algum medicamento.
  • Remédios só com a indicação do médico.

Se você gostou, compartilhe, ajude a divulgar nosso trabalho informativo.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Filmes online grátis

X
Rolar para o topo